Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 12 de junho de 2009

HARI OM e OM SHÁNTI SHÁNTI SHÁNTI

HARI OM e OM SHÁNTI SHÁNTI SHÁNTI


HARI OM
HARI OM
OM SHÁNTI SHÁNTI SHÁNTI



HARI OM é um mantra muito especial como poderão perceber já de seguida pela sua explicação. A motivação que leva à prática deste mantra difere da razão que motiva a prática dos mantras em geral, isto é, a prática de mantra é normalmente realizada como ekagráta, como objecto de concentração para a fixação mental, ou ainda como processo de purificação dos canais energéticos, em que o mantra nos permite penetrar nas diferentes dimensões de consciência do ser (pránamayakosha). Este mantra apresenta uma motivação diferente destas, trata-se antes de uma invocação ao Absoluto manifesto.


OM SHÁNTI SHÁNTI SHÁNTI por sua vez é um canto que surge como conclusão em todos os mantras conhecidos como Mantras de Paz ou Shánti Mantras. Este mantra é entoado no sentido de desenvolver e conduzir a educação espiritual de cada praticante para a Paz num sentido geral.


Um aspecto peculiar que podemos tratar no que toca ao mantra HARI OM é que este é o único entre todos os mantras em que o OM vem referido depois da referência à divindade HARI, e isto faz toda a diferença no que toca à motivação do praticante ao entoar este mantra como uma invocação divina. Então porque razão os mantras a todas as outras divindades principiam com o OM e só de seguida vem a referência a estas e neste HARI precede o OM?


HARI é um dos nomes de Íshvara, e significa “aquele que remove os resultados de um mau karma” (adharma), mas nos textos Vishnu Sahasranama, as características de removedor de obstáculos simbolizadas pelo nome HARI são atribuídas a Vishnu. No épico Mahabarata (Bhagavad-Gita), Krishna refere-se a si mesmo como HARI, removedor de qualquer pecado e objecto de adoração de todo e qualquer sacrifício divino. HARI é também entendido não como uma deidade mas como Brahma, a origem de tudo e de onde ressoa o próprio OM, e esta surge como a resposta à unicidade da ordem atribuída às palavras deste mantra. HARI é Brahma Purusha, o espírito /ser / essência de Brahma, OM é Brahma Shabda, o corpo sonoro /frequência de Brahma. Desta forma, o OM é uma manifestação de HARI, daí ser entoado de seguida a este e não antes, como nos mantras às outras deidades, pois todas estas se manifestam por sua vez no OM. Resumindo, HARI é ao mesmo tempo OM e vice-versa, um e outro significam o mesmo, manifestam-se no presente-passado-futuro, a contemplação do mantra OM é atingir a forma do Absoluto, e a invocação e mentalização de HARI desfaz firmemente qualquer pecado, mau karma ou efeitos astrológicos negativos, reduzindo ao mesmo tempo a ignorância humana da sua natureza divina.


Voltando ao mantra OM SHÁNTI SHÁNTI SHÁNTI, a palavra SHÁNTI é entoada por três vezes não para colocar ênfase sobre o significado da paz, mas representando as três distintas categorias em que se manifestam as perturbações à paz:


ADHIDAIVIKAM: significa literalmente “perturbações que advém de intervenção divina”, ou seja, fenómenos tais como tsunamis, tremores de terra, tempestades, erupções vulcânicas, etc., então ao primeiro SHÁNTI entendemos como “estejamos protegidos das perturbações / obstáculos que ultrapassam o nosso controle”;


ADHIBHAUTIKAM: significa literalmente “perturbações mundanas”, ou seja, fenómenos como comportamentos ruidosos, comportamentos que originam os demais tipos de poluição, problemas que surjam das relações interpessoais ou da normatização imposta pelos governos, etc., então ao segundo SHÁNTI entendemos como “estejamos protegidos das pessoas e do meio envolvente”;


ADHYATMIKAM: significa literalmente “as perturbações que se manifestam do Si”, ou seja, as perturbações que advém da mente, da emoção, ou do ego, perturbações que produzam apego ou aversão, tais como a luxúria, a inveja, cobiça, ódio, raiva, etc., então ao terceiro SHÁNTI entendemos como “estejamos protegidos dos obstáculos interiores”.


Após entoar cada SHÁNTI manifesta-se um momento silencioso, e este representa efectivamente a verdadeira paz. SHÁNTI é a realização da natureza iluminada e espiritual do praticante. De seguida deixo-vos com mais uma versão áudio original caseira do mantra Hari Om como um mantra de paz. Espero que apreciem.



video